As massas low carb representam uma opção interessante, sobretudo para quem não pode viver sem o seu prato de massa. Uma alternativa que não engorda, porque não interfere com os níveis de açúcar no sangue e, além disso, são muito nutritivas.

Seguir uma dieta baixa em hidratos de carbono, implica como é obvio deixar de comer massa ou pelo menos reduzir a sua ingestão. O que pode ser difícil. No entanto, as massas low-carb, feitas de vegetais, que podem substituir as típicas massas feitas de trigo.

As tradicionais massas de trigo são alimentos mais ricos em hidratos de carbono. Por exemplo, comer uma simples porção de massa, que representa cerca de 100 g, fornece cerca de 75 g de hidratos, o que seria uma quantidade enorme de hidratos numa única refeição. Isto porque os carboidratos das massas têm um alto índice glicemico, o que quer dizer que causam o aumento da glicose no sangue.

Massas low carb – massas pobres em hidratos de carbono

Numa dieta pobre em hidratos de carbono a premissa é encontrar substitutos para as massas, mas que contenham poucos hidratos de carbono. A questão principal é substituir as tradicionais massas de trigo por massas vegetais pobres em hidratos de carbono.

Se por um lado as massas tradicionais devem ser retiradas das dietas low-carb, já o mesmo não acontece com os molhos. Desde que estes não contenham farinhas e outros amidos e açúcares, podemos continuar a utilizar os tradicionais molhos de tomate, bolonhesa ou até mesmo os que levam natas e bacon. O importante é que todos contenham proteína, quer seja em forma de carne ou ovos, peixe, queijo e tofu. E todos podem ir acompanhados de saboroso queijo parmesão.

Massa de vegetais

As massas low carb são as massas feitas de vegetais. Muitos vegetais são apropriados para cortar em forma de esparguete, que logo acompanhados de um delicioso molho, fazem a mesma vez que os tradicionais pratos de massa e, além disso, são muito ricos em vitaminas e muita fibra. E não engordam porque o teor em hidratos de carbono é baixíssimo.

A courgette é dos legumes mais adequados para fazer massa low carb com a forma de esparguete. Pode ser cortada em Juliana, ou simplesmente cortada em tiras finas com a ajuda de um descascador de legumes.

Para ficar com o aspecto de verdadeiras noodles, o melhor resultado obtém-se com utensílios de cozinha que cortam os legumes em tiras finas imitando o esparguete. No mercado está disponível o espiralizador, que resulta fácil e rápido de usar. Este utensílio de cozinha corta os vegetais em diferentes cortes e espessuras, neste caso cortaria a courgette em tiras finas com a forma perfeita dos esparguetes. Outro utensílio também muito apropriado é o cortador Spirelli, que corta em espiral, formando tiras finas e compridas.

Como cozer massas low-carb – receitas low carb

Há 3 maneiras de cozinhar as massas baixas:

  • Cozinhar um minuto em água a ferver com sal e depois escorrer bem.
  • Cozinhar 3 minutos com tampa no microondas.
  • Saltear na frigideira com um pouco de azeite.

Truques para que as suas receitas low carb fiquem perfeitas: não cozinhar demasiado os legumes, devem ficar crocantes. Não colocar sal enquanto cozinhar, porque o legume fica mole e já não parece massa. Deitar o sal só depois de estar cozida. E adicionar o molho só no momento de servir.

Spaghetti Squash – abóbora esparguete

A abóbora esparguete ou spaghetti squash, é outro legume perfeito para fazer massa vegetal. É muito usada nos países anglo-saxónicos. A sua preparação é fácil.

Para fazer o spaghetti vegetal, a abóbora deve ser cozinhada e depois com a ajuda de um garfo separa-se a polpa em fios. Sendo assim, primeiro corte a abóbora pelo meio, em duas metades. Retire as sementes com uma colher. Adicione um fio de azeite em cada metade, tempere com sal e pimenta a gosto e coloque no tabuleiro do forno as duas metades viradas para cima. Coza cerca de 45 minutos no forno a 190 ° C ou até a abóbora ficar macia.

Retire do forno e deixe arrefecer um pouco, e de seguida, raspe a polpa com um garfo, que começará a separar-se em fios como se fosse esparguete. Acompanhe com um molho de tomate e almôndegas, ou outra da sua preferência.

Shirataki ou konjac – massa sem carboidratos

O shirataki é cada vez mais fácil de encontrar, tanto nos grandes supermercados como nas lojas de alimentos saudáveis. Este tipo de massa tem muitos benefícios.

O  shirataki é um alimento de origem asiático fabricado a partir de uma planta chamada “konjac”. A grande novidade de esta massa low carb é que está constituída só por fibra – não tendo praticamente carboidratos e calorias. Além disso, tem outros benefícios para a saúde, como a redução do colesterol e açúcar no sangue. Vem embalada em líquido, que deve ser escorrido, antes de usar.

Depois é colocá-la na água quente, sem necessidade de ferver e está pronta para ser comida – não há necessidade de cozinhar. Basta acompanhar com um bom molho. A massa shirataki não têm praticamente sabor, por isso é importante escolher um molho saboroso.

Como a massa shirataki não oferece nenhum valor nutricional (pois tem zero carboidratos, zero calorias, zero vitaminas) é conveniente que tenha de acompanhamentos verduras ou saladas, que aportam vitaminas e alguns hidratos de carbono, como também proteína, quer seja carne, peixe ou queijo.

Estas versões de massas low carb são ideais também para aqueles que, embora não sigam uma dieta baixa em hidratos de carbono, vão não só aumentar a ingestão de vegetais, mas optar por uma alternativa mais saudável às massas de trigo.