Quem quer emagrecer ou está a seguir uma dieta baixa em hidratos de carbono, deve saber quantos hidratos de carbono tem a fruta para evitar as que são muito ricas em açúcar. O açúcar da fruta chamado frutose, é o que faz variar o teor de hidratos de carbono da fruta.

Sendo assim, a fruta com mais açúcares (frutose) são as mais ricas em hidratos de carbono. E as peças de fruta com menos frutose, são aquelas com menos hidratos de carbono.

Nesta lista pode ver quantos hidratos de carbono tem a fruta por cada 100 g. Utilize esta lista se faz a contagem dos hidratos de carbono e escolha sempre peças de fruta com poucos hidratos de carbono (ou açúcares), porque são aquelas que menos açúcares contêm e que, portanto menos engordam.

Quantidade de hidratos de carbono das frutas

Frutas com muito baixo teor de hidratos de carbono:

Fruta Hidratos de carbono em 100 g
Abacate 3,6 g
Amora 6,2 g
Framboesa 4,8 g
Goiaba 5,8 g
Groselha vermelha 4,8 g
Limão 3,2 g
Morango 5,4 g
Ruibarbo 1,4 g

Frutas com baixo teor de hidratos de carbono:

Fruta Hidratos de carbono em 100 g
Acerola 7,7 g
Clementina 9,0 g
Damasco 8,5 g
Groselha espinhosa (verde) 8,4 g
Kiwi 9,1 g
Laranja 8,3 g
Marmelo 7,3 g
Melancia 8,3 g
Mirtilo 7,4 g
Papaia 7,1 g
Pêssego 8,9 g
Pomelo 9,4 g
Toranja 7,4 g

Frutas com teores moderados de hidratos de carbono:

Fruta Hidratos de carbono em 100 g
Ameixa 10,0 g
Ananas 12,4 g
Cerejas 13,3 g
Figo fresco 12,9 g
Cerejas 13,3 g
Kumquat 14,6 g
Maçã 11,4 g
Manga 12,5 g
Maracuja 9,5 g
Melão 12,4 g
Nectarina 12,4 g
Nêspera 10,4 g
Tamarilho 10,6 g

Frutas com teores altos de hidratos de carbono:

Fruta Hidratos de carbono em 100 g
Banana 20,0 g
Banana-pão/ banana da terra 28,3 g
Dióspiro/caqui 16,0 g
Lichia 17,0 g
Romã 16,7 g
Uvas 15,6 g

Frutas desidratadas (frutas muito ricas em hidratos de carbono)

A fruta seca ou desidratada contém teores de carboidratos elevados em comparação à fruta inteira natural, isso significa que é muito rica em açucares. Evite a fruta desidratada e prefira a fruta fresca baixa em açúcar.

Fruta Hidratos de carbono em 100 g
Ameixa seca 58,5 g
Banana seca/desidratada 64,5 g
Fatias de maçã secas 80,2 g
Figos secos 55,3 g
Passas de uvas 66,2 g
Tâmara 66,0 g

A fruta está permitida nas dietas low-carb?

A fruta é saudável, é rica em vitaminas, minerais e antioxidantes, nutrientes com incontáveis benefícios para a saúde, e ainda é pobre em calorias, mas o seu problema, é que contém frutose, tornando-a rica em hidratos de carbono, porque a frutose é um açúcar.

Se a ingestão de fruta não for controlada pode contribuir para o ganho de peso. Por isso, as dietas low-carb restringem, e algumas até proíbem (como a dieta Atkins), a fruta nas duas primeiras semanas – nas chamadas fases de emagrecimento rápido – onde há uma forte restrição dos hidratos de carbono. Talvez não faça falta ser tão restritivo, mas a ingestão de fruta deve ser controlada.

Mesmo que na dieta haja uma forte redução do consumo de fruta, nunca haverá falta de vitaminas e fibras porque, este tipo de dietas permite comer legumes e verduras à vontade – estes são os acompanhamentos por excelência – e não a massa, o arroz e batatas. Além disso, os legumes e verduras contêm mais vitaminas e minerais do que a fruta e, com a vantagem adicional de serem pobres em frutose.

Qual é a fruta com menos hidratos de carbono?

A fruta fresca é sempre a melhor escolha. Mas quem segue uma dieta controlada em hidratos de carbono, deve preferir sempre a que tem um baixo teor de carboidratos. Os frutos vermelhos (framboesas, amoras, morangos, etc) são pobres em frutose, e além disso, são as mais ricas em antioxidantes.

No entanto, além de saber quantos hidratos de carbono tem a fruta, é também muito importante prestar atenção à quantidade a ingerir, porque uma grande porção de fruta pobre em hidratos de carbono, acaba por fornecer a mesma quantidade de açúcar que a fruta muito rica em hidratos.