Apesar de a perda de peso ser um facto comprovado e indiscutível na dieta da proteína, convém conhecer as vantagens e desvantagens da dieta Atkins.

As desvantagens deram origem a muitas críticas, que vão especialmente dirigidas ao consumo elevado de gorduras e proteínas de origem animal (carnes vermelhas, ovos e manteiga) e à excessiva restrição dos hidratos de carbono (pão, batata e massas), bem como a baixa ingestão de alimentos ricos em vitaminas e fibras, nomeadamente as frutas e legumes, que podem causar deficiências nutricionais no organismo.

Os críticos dizem que a elevada proporção de gordura e proteína pode aumentar os valores dos lípidos no sangue, nomeadamente o colesterol, como também o ácido úrico, o que poderia aumentar o risco de doenças cardiovasculares.

No entanto, em 2003, o Dr. Atkins numa das suas últimas entrevistas na TV defendeu-se contra todas as criticas: “Todas as acusações contra a gordura vêm de estudos em que ao mesmo tempo foram ingeridas grandes quantidades de hidratos de carbono”. ” Se as gorduras são ingeridas juntamente com os hidratos de carbono, serão metabolizadas de forma diferente. Desta maneira são perigosas para o coração. Se são ingeridas sem hidratos, transformam-se em energia” , disse Robert Atkins numa entrevista ao talk show de Larry King nos Estados Unidos.

Vantagens da dieta Atkins

  • Na dieta Atkins não precisa de contar calorias.
  • Pode comer a quantidade que quiser, o que é particularmente vantajoso para quem gosta de comer bem.
  • Dentro dos alimentos permitidos, a variedade é grande, tornando mais fácil a preparação das refeições.
  • O aumento do consumo de proteínas produz saciedade o que ajuda a reduzir o apetite entre refeições
  • As proteínas contribuem para a manutenção da massa muscular.
  • Pode aumentar o número de refeições que faz por dia.
  • Permite uma rápida perda de peso corporal.
  • Esta dieta tem dado bons resultados em pessoas excessivamente obesas, demonstrando ser muito eficaz quando um paciente obeso passa por um período de estagnação da perda de peso, havendo por isso, profissionais que recorrem a ela sob rigorosa supervisão médica e por curtos períodos de tempo.

Desvantagens da dieta Atkins

  • O elevado consumo de proteínas representa um esforço extraordinário para os rins, dado que estes têm que eliminar uma quantidade maior dos resíduos tóxicos que geram as proteínas (metabólitos).
  • A ingestão excessiva de gordura saturada contida nas carnes vermelhas, enchidos e ovos, pode fazer aumentar o colesterol, os triglicérides e o ácido úrico, o que aumenta perigosamente o risco de doenças cardiovasculares.
  • Pode ocorrer problemas de prisão de ventre (obstipação) devido à falta de fibra
  • A grande restrição dos hidratos de carbono pode provocar fadiga, dor de cabeça, tonturas, fraqueza e mau humor.
  • Uma dieta rica em proteínas e pobre em hidratos favorece a presença de cetonas no sangue (compostos químicos que se formam quando o corpo metaboliza gordura em vez de glicose), provocando mau hálito e conduzindo a outros problemas de saúde.
  • Após o abandono da dieta surge o temível efeito ioiô devido à rápida perda de peso, levando o corpo a recuperar todo o peso perdido ou incluso mais.
  • Não é uma dieta equilibrada, por não satisfazer as necessidades nutricionais diárias recomendadas pela comunidade médica.
  • Com o tempo pode tornar-se uma dieta monótona.

A dieta Atkins não é recomendada para pessoas com:

  • Colesterol mau
  • Problemas cardíacos
  • Problemas digestivos como prisão de ventre
  • Problemas de fígado
  • Diabetes
  • Grávidas

Conclusão

Apesar da dieta Atkins ser alvo de diversas criticas, no entanto é o tipo de dieta proteica que a maioria das pessoas prefere, por permitir o consumo de alimentos que em outros planos de emagrecimento estão proibidos. Em todo o caso, é conveniente, se deseja fazer uma dieta deste tipo, ter o acompanhamento de um especialista.